Para onde foi a família da margarina? [Colunista – Terapeuta Familiar]

 Por Veridiana Fernandes

Dia desses estava lendo uma matéria que falava justamente sobre os novos “modelos” familiares: casais sem filhos, casais que moram separados, casais homossexuais com filhos, casais que moram juntos e dormem separados, famílias reconstruídas com filhos dos dois…fiquei muito feliz de me deparar com tamanha variedade sendo tratada de forma natural.

Depois, como era de se esperar, comecei a me perguntar para onde tinha ido a tal “família da margarina”. Imaginei que, sem deixar o sorriso de lado, eles perceberam que a mãe quer e gosta de trabalhar fora. Que o pai e os filhos podem assumir algumas tarefas domésticas. Que o casal precisa de um tempo para estar com as crianças, um tempo para estar juntos e um tempo para estar só consigo mesmos (e que isso é saudável e não precisa gerar culpa). Assumiram também que o pai ronca, que a mãe tem TPM, que os filhos acordam de mau humor e que o cachorro às vezes come as flores do jardim. Perceberam, inclusive, que se a casa não estiver impecavelmente arrumada não tem problema e que tendo uma rotina que priorize as relações saudáveis e prazeirosas – em detrimento das relações baseadas só em obrigações e compromissos – todos serão mais felizes. Entenderam também que tentar seguir um modelo é algo muito vazio de sentido e que o melhor mesmo é buscar com muita verdade, seus próprios valores, fazendo aquilo que acreditam ser o melhor para si mesmos e para o mundo. E este é o primeiro passo para melhorar a realidade em que se vive.

No fim das contas, até a família da margarina se transformou. Deixou de lado a importância do mundo das aparências, e nos ensinou que buscar a felicidade e o prazer ao lado daqueles que escolhemos amar é o que faz de nossa família a família perfeita.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s