Rouquidão na infância é normal? [Colunista – Fonoaudióloga]

 por Tatiane Maciel


Atenção pais, nenhuma rouquidão que persista por 15 dias deve ser considerada normal, caso isso aconteça a criança deve ser avaliada por um otorrinolaringologista.
A disfonia, popularmente conhecida por rouquidão, é um sinal de que algo diferente está acontecendo na garganta, especialmente nas pregas vocais. Existem pessoas que já nascem com a voz alterada, as chamadas alterações congênitas, ou a adquire ao longo da vida. Quando as crianças já nascem com alguma alteração, muitos pais têm dificuldade em identificá-la pelo fato dela sempre ter falado daquela forma e a considera normal. Por outro lado, crianças que têm o hábito de falar alto e/ou gritar com certa frequência e desenvolvem a rouquidão, podem fazer com que os pais também se acostumem que este padrão. Por isso a importância de ficarmos atentos à voz dos nossos filhos.
Outra causa da rouquidão são as alergias como bronquite, infecções na garganta ou aquelas que fazem a criança tossir e pigarrear. Esses fatores também exigem demais das pregas vocais, fazendo com que a criança não use a voz de forma adequada.
Os alvos mais freqüentes da rouquidão são as crianças de 5 a 10 anos, provavelmente por estarem ampliando o círculo de relacionamento ao entrar na escola, sendo o uso da voz mais solicitado. A proporção entre os sexos é de três meninos para uma menina. Acredita-se que a rouquidão está mais presente nos meninos por uma exigência social de um comportamento mais agressivo dos meninos e pelo fato de ser maioria em esportes que exigem um esforço maior da voz, como o futebol.
É muito importante cuidar da saúde vocal do seu filho, não deixe que essa rouquidão passe despercebida, após o diagnóstico feito pelo o otorrinolaringologista, o tratamento para a grande maioria dos casos de rouquidão é com fonoterapia.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s