Nostalgia da infância [Papo de Mãe]

Fotos: Celso Martins 
A programação do domingo foi dar uma passadinha e almoçar em uma festa tradicional de igreja. Sofia se divertiu muito em meio aos brinquedos e mal largava o pula-pula e o escorregador e já estava perdida nas barraquinhas que vendem “mil coisas”. E assim passou à tarde, entusiasmada em meio aquela loucura toda (multidão, crianças, rifas, barraquinhas e brinquedos). Lembro-me no tempo em que eu era criança e adorava estas festas. Bastava ser anunciado o evento eu começava minha contagem regressiva para poder me deliciar nas maçãs do amor, pipocas coloridas, cocadas, e todas aquelas guloseimas que crianças adoram e não tem o acesso diário. Hoje mais consciente do excesso de doces eu me controlo mais, e talvez por isso estas festinhas pareçam não ter mais aquele encanto da infância. No entanto, a sensação que eu sentia ao voltar pra casa cansada e realizada por ter aproveitado a festinha ao máximo, consigo reviver agora em Sofia. Observar minha filha feliz e cantarolando pela casa é divertido e gostoso, e ainda lembrar que era exatamente assim que eu me sentia ao retornar destas festinhas tradicionais é melhor ainda. Você já teve alguma sensação parecida com seu pequeno, onde você pode resgatar algum momento de sua infância? Conte-nos!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s