O tempo e o que fazemos com ele [Papo de Mãe]

Cecília super feliz conhecendo as tartarugas no Projeto Tamar!
Por Adriana Garcia
Duas amigas separadamente, e sem a mínima intenção acabaram me dando dicas valiosíssimas sobre o modo como algumas coisas poderiam ser melhoradas no lazer de Sofia. “Então mãos a obra recuperar o tempo perdido”. Mas como tempo perdido se não nos sobra tempo? (se duvidar, temos que aproveitar até na hora de dormir para termos sonhos produtivos!) O tempo não perdoa, ele passa, e você juntamente com ele e as crianças mais e mais. Uma dessas amigas que eu comentei, postou uma foto linda de suas filhas brincando em árvores e com a citação: “infância sem árvores não é infância”. Na hora lembrei-me da minha infância. Minha casa era cheia de árvores, todos os dias de domingo a domingo nossos encontros eram em arvores, os esconderijos em pés de abacates gigantes e as goiabeiras eram os locais ideais para os nossos malabarismos. E hoje vivemos trancados em apartamentos com um jardim “só para enfeite”, porque a segurança é mais importante. E o outro caso, foi entre eu e outra amiga, estávamos conversando sobre bicicletas, e ela me falou uma frase que fiquei “processando durante um bom tempo”. Ela me disse que uma pessoa conhecida tinha comentado que sua neta de cinco anos dominava todas as tecnologias existentes, porém não sabia ao menos se quer andar de bicicletas sem rodinhas! Na hora “minha ficha caiu” Sofia já esta com sete anos e também não sabe andar de bicicletas sem rodinhas, mas a tecnologia “domina de olhos fechados”. Então, essas dicas foram valiosíssimas, me fizeram pensar o quanto meu tempo pode ser mais bem dividido no lazer de minha filha. Se ela brinca muito pouco em arvores e se não aprendeu a largar as rodinhas da bicicleta, é porque esta recebendo pouco incentivo. E como incentivar mais se não nos sobra mais tanto tempo? Queria mais horas nos meus dias, mais como isso é impossível, a solução é repensar mais as atividades e desprender mais tempo para as que talvez sejam mais legais e interessantes. Árvores e bicicletas sem rodinhas precisam ser inseridas no topo da lista de atividades de lazer, as demais atividades só me restam intercala-las. Nossa lista não é pequena, por isso, de vez em quando rever as prioridades pode ser muito proveitoso! E você, como anda seu tempo, tem planejado o lazer de seu filho?
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s