Quem vem comigo? [Espaço Criansaudável]

Fui convidada pela Patrícia para escrever semanalmente aqui no Roteiro Baby e é com imenso prazer que aceitei, pois me sinto presenteada com essa coluna. 
Mas quem sou eu? Eu sou a Geisa, prazer! Tenho 27 anos. Possuo um blog/face/IG, o Criansaudável. Lá eu posto um pouco da rotina da nossa família, com os atores principais da minha vida: Lucas e Luísa, meus filhos. Lucas tem 3 anos, esse mês já completa 4. Uhulll 🙂 E a Lu tem 5.
O blog começou quando eu resolvi mudar a alimentação das crianças. Descobrimos que Lucas era celíaco(não pode comer glúten – NEM UM POUQUINHO, tá?) quando ele era bebê ainda, entre outras coisas, ele teve paralisia cerebral, e isso é apenas 1% dos milagres. A história completa dele tá no blog! Porém, só deixar de comer glúten não é ser saudável, certo? Nessa onda de industrializados, corantes, agrotóxicos, formol, ratos e etc nas comidas, parei e pensei: “Opa, pera ai. É isso que eu quero dentro do corpo dos meus filhos?”. Essa que vos escreve era a maior fast food lover do Brasil e tive que mudar os hábitos para poder começar a mudar os hábitos das duas preciosidades, e ai que criamos o Criansaudável. Virou meu diário, coloco receitas, dúvidas, acontecimentos e o principal: AMOR. O glúten já não existia na nossa casa, o leite de vaca e derivados começou a diminuir (uma hora vai ser 0), o açúcar branco refinado já nem lembro o gosto. Aquele monte de nome estranho dos rótulos dos produtos industrializados já não faz mais tanta parte da nossa vida. Alimentos de verdade apareceram, Luísa não comia uma salsinha na comida, já era motivo pra não comer nada. E, em menos de um ano, brócolis, alface, pepino, couve, espinafre e dentre tantos outros viraram os preferidos. E se nós conseguimos qualquer um consegue. Crianças são nosso futuro. Os alimentos, nosso remédio. Santa Catarina está entre um dos primeiros estados com maior índice de obesidade infantil, não quero meus filhos fazendo dietas loucas, quero que aprendam a comer o certo, para viverem mais, brincarem mais, ficarem menos doentes. O açúcar que você dá hoje vai fazer mal daqui uns 5 anos. Mas não é só de comida que uma criança precisa para ser saudável certo? Quais os valores vocês passam para elas? O que elas sabem sobre amor, gratidão, paciência, persistência? Lembrem-se que eles são o nosso reflexo!!!!! Tudo o que fazemos eles copiam. TUDO. 
Mas, calma aí, você deve estar pensando que sou aquelas mães perfeitas de rede social, né? Sinto em te desapontar, de perfeito nem o laço que dou no cabelo da Lu. E nessa troca de experiências conheci muitas pessoas, pessoas dispostas a semear o bem. Porque, vocês eu não sei, mas eu quero um mundo mais justo e saudável para essas crianças. Sem precisar ir pra Europa, EUA, Lua ou Marte. Quem vem comigo?

Beijos beijos e até semana que vem! 

— 
Geisa Richetti
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s