AULAS DE INGLÊS [Papo de Mãe]

Por Adriana Garcia
Eu e Sofia conversávamos sobre a língua inglesa e falei pra ela que ela era muita “sortuda” por estar fazendo curso de inglês, pois eu nunca tive a oportunidade de fazer quando criança, e hoje minhas prioridades são outras e sinto muito por eu não saber absolutamente nada nessa língua e isso me faz muita falta na faculdade e no dia a dia. Quando se é pequena, tudo torna-se mais fácil de absorver, por isso falava pra ela aproveitar e se empenhar o máximo já que ela gosta muito e tem esse privilégio agora quando pequena. Acho que ela ficou pensando nisso a semana toda (na minha vontade de aprender), porque ontem ela chegou perto de mim e me perguntou se eu queria que ela fosse minha professora de Inglês! Respondi que sim, pensando que era apenas uma brincadeira, ela então pegou um papel e me perguntou quais dias na semana eu estava disponível e quais horários, (aí percebi que a coisa era séria!), eu disse que poderia terças e quintas a partir das 19:00hs (fui dando corda pra ver até onde iria nosso papo). Sofia disse que esse horário estava ótimo para ela, e que as aulinhas teriam uma hora de duração cada e custariam R$0,50 (cinquenta centavos a aula)! Perguntou se eu poderia começar ontem mesmo porque era terça-feira, falei que sim, ela foi para o quarto e depois de um tempo veio com meu material escolar: uma bolsa cheia de livros, uma agenda que ela mesma fez para eu anotar meus deveres, e uma folha já com matérias para a primeira aula (Socorro, era sério mesmo!). Eu não poderia voltar atrás já que concordei em ter aulas de inglês, então fui pra sala de aula (seu quarto) e fui ter minha primeira aula do tão sonhado inglês (ela estava tão séria e responsável que me dava vontade de dar risadas pois eu ali com mais de quarenta anos, tendo aulas com uma criança de 8 anos, mas não podia, tinha que mostrar a ela que eu realmente tinha interesse e queria aprender, já que cobro dela essa responsabilidade de fazer o mesmo em sala de aula). Tive minha aula, foi o máximo, umas coisas eu acertava outras errava e ela toda dedicada ali ensinando (nem parecia a menina muitas vezes sem paciência que eu conheço!). A aula terminou me levantei e ia saindo quando ela disse que eu precisava anotar os deveres! Anotei, dei um beijo carinhoso, agradeci o seu empenho e ela me solta a frase: é mamãe você sempre diz que quando a gente quer muito uma coisa a gente consegue né? Você vai conseguir sim, acredite! Moooorri!!! O que dizer? Nada, apenas voltar quinta-feira para minha próxima aula e ser uma aluna exemplar, praticando o que eu cobro dela: dedicação e interesse!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s