Se eu não fosse pai… [Papo de Pai]

Eu ainda me jogaria pros festivais em que as bandas que eu amo vão tocar. Gastaria dinheiro com passagens, ingressos e camisetas. Pisaria em muita lama e seguraria meu xixi por horas a fio pra não perder o lugar na frente do palco.

Mas eu também não teria o prazer de cantar pra minha filha, de assistir aos shows com ela no colo, dançar junto e, nos intervalos, poder pegar uma cerveja na geladeira e ir no banheiro em paz, aproveitando o conforto da minha casa.

Eu já teria comprado um Playstation 4. Jogaria alguns lançamentos e teria horas de diversão com meus amigos.

Mas eu não lembraria da graça brincar com os cacarecos infantis. Não me divertiria com a tartaruga, a dona vaca e não me emocionaria ao ver a Alice conseguindo pegar a borboleta, que pra mim foi mais emocionante que qualquer chefão que já derrotei.

Eu encontraria meus amigos mais vezes. Passaria mais tempo jogando RPG ou jogos de tabuleiro, passaria algumas noites bebendo e rindo e ainda estaria presente nas mais recentes histórias bizarras e irresponsáveis que todo mundo comenta nos encontros.

Mas não passaria nenhum tempo trabalhando na minha própria empresa, na verdade eu nem teria uma empresa. Também não conheceria a gigantesca responsabilidade que é levar saúde (em forma de comidinhas) para os filhos dos outros.

Eu ainda gastaria horas na internet lendo sobre a história da humanidade, o funcionamento de equipamentos esquisitos, descobertas sobre o universo, guerras históricas e qualquer outra maluquice científica que cruzasse o meu caminho.

Mas eu não ocuparia tanto do meu tempo adquirindo novas informações sobre comportamento, comunicação, sociedade e não teria a sorte de passar por um transformador processo de autoconhecimento.

Eu beberia mais cerveja e comeria mais x-bacon. Não teria deixado de ir nenhuma vez no festival de cerveja de Blumenau, e definitivamente já conheceria todas as novas hamburguerias que não param de pipocar pela cidade.

Mas continuaria ignorando as consequências de hábitos alimentares inadequados. Não pesquisaria sobre saúde (tanto na infância quanto na vida adulta), introdução alimentar, benefícios de cada alimento e qualquer outra coisa que eu só descobri porque senti a necessidade, já que sou responsável pela saúde de alguém que eu amo mais do que a mim mesmo: minha filha.

Eu não estaria atrasado com os filmes e seriados. Participaria das rodas de conversa sobre Game of thrones, Orange is the new black, Sense 8. Não sentiria vergonha nos círculos nerds quando digo que não vi quase nenhum dos novos filmes de super heróis, e ainda saberia as falas dos Matrix ou dos Star Wars.

Mas não conheceria o Doki, o Amigãozão e a Peppa. Eu não teria decorado o episódio em que a dona Coelha grita “incêndio” nem saberia que “tudo que é pergunta a Luna faz”. Eu não seria capaz de entender a graça que um programa infantil pode ter e ainda menosprezaria a relação de adoração que as crianças tem por seus personagens preferidos.

Eu ainda frequentaria estádios de futebol. Ficaria rouco incentivando meu time, abraçaria estranhos na arquibancada, passaria a madrugada acordado comemorando o acesso, saberia o nome dos jogadores de diversos times e acompanharia notícias sobre o futebol fora do país.

Hoje eu fico rouco de tanto cantar musiquinhas, passo a madrugada acordado por amor, sei o nome de profissionais de diversas áreas, e acompanho notícias sobre saúde e desenvolvimento infantil fora do país.

Mesmo que eu não fosse pai eu seria feliz pra caralho, mas eu não faria a menor ideia de que apesar de perder todos aqueles benefícios eu poderia ser ainda mais feliz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s