Tempo, tempo, tempo [Empreendedorismo Materno]

Se tem um paradigma que mudou com a maternidade, foi o tempo. Ficou escasso, apertado. Mas de outro lado, fui obrigada a aprender a otimizá-lo.Ao invés de refletir sobre ele, resolvi reunir 6 dicas práticas que eu aplico no meu dia a dia para lidar com mais equilíbrio todos os meus papéis: mãe, empresária, chefe, sócia, coach, dona de casa, amiga, estudante, mulher. UFA 😉
fashion-person-woman-girl

  • Aceita que dói menos: Não dá pra fazer tudo, sermos realistas e respeitarmos nossos limites é o primeiro passo. Reduzir as tarefas também vai te dar mais a sensação de estar dando conta. E motivada por essa sensação você vai conseguir aos poucos aumentando sua produtividade
  • Esqueça aquele papo de multi-tarefas: Quando você quer fazer mil coisas ao mesmo tempo só consegue duas coisas. Não terminar nada e gastar mais tempo do que fazer uma a uma. Foque no que está fazendo e esteja de corpo e alma. Além de melhorar a produtividade vai melhorar a qualidade do que você realiza.
  • Saiba o que você quer construir: Produzir e se ocupar são duas coisas completamente distintas. Se você sabe o que quer produzir vai evitar de passar seus dias se ocupando. Por exemplo: eu quero ser uma mãe presente, então responder e-mails enquanto brinco com o Davi não faz parte da minha produção (além de infringir a dica 2).
  • Eu controlo meu dia, ele não me controla: Todos os dias eu tenho 2 listinhas (inhas, mesmo) de até 5 itens. Divididos em 2 categorias: urgente e importante. Urgente é apagar incêndio, como filho que ficou doente e precisa ir no médico ou material que faltou para produção. Importante é tudo que constrói onde eu quero ir, pensar em uma nova estratégia de marketing, produzir um conteúdo bacana. São aquelas coisas que eu sei que vão me fazer crescer. E se eu ficar só resolvendo urgências não vou evoluir, apenas sobreviver.
  • Peça ajuda: Voltando ao número 1, precisamos aceitar o fato de que não vamos dar conta de tudo sozinhas. Eu peço ajuda o tempo todo, para minha equipe, para minha família, para o pai do Davi. Saiba que você vai ter que delegar. Talvez a sua empresa não tenha caixa para contratar, mas você possa chamar alguém pra te ajudar em casa ou almoçar fora. Isso vai te poupar um tempo que pode ser aplicado na empresa. As vezes dá pra delegar coisas menos óbvias e também existem outras mães querendo prestar serviços terceirizados sem o compromisso de uma CLT, recebendo por resultado. Como uma social mídia ou atendimento ao cliente.
  • Tenha um tempo sozinha: podem rir! Mas é real nem que seja uma hora, uma vez por mês. Mas a mente descansada e feliz produz infinitas vezes mais. Peça ajuda para família, amigas e se dê esse presente.

Bom espero que essas dicas ajudem, compartilha comigo as tuas?

ass_lais

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s