Visita às fortalezas gratuitas aos domingos [Programação]

Três belíssimas construções deixadas de herança pelos portugueses, Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim, Fortaleza de Santo Antônio de Ratones e Fortaleza de São José da Ponta Grossa, agora podem ser visitadas gratuitamente no primeiro domingo de cada mês, até novembro. O primeiro dia de acesso liberado às fortificações foi domingo, 6 de agosto. As fortalezas são administradas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), via Coordenadoria das Fortalezas de Santa Catarina (CFISC), vinculada à Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte).

As fortalezas estarão abertas aos domingos das 9h às 17h. Durante o resto da semana, as fortificações funcionam no mesmo horário, porém há cobrança de ingresso. Crianças menores de cinco anos e idosos a partir de 60 anos tem entrada gratuita durante todo o ano. Estudantes têm direito à meia entrada. Turmas de alunos de instituições públicas têm acesso gratuito para visitação guiada pela escola, porém é necessário solicitar o benefício antecipadamente à UFSC. As fortificações registraram mais de 719 mil visitantes desde 2012 (648 mil pagantes e 71 mil isentos).

A UFSC não é responsável pelo traslado às ilhas de Anhatomirim e Ratones Grande, serviço que é prestado pelas empresas de transporte náutico que atuam na região. A Fortaleza de São José da Ponta Grossa é acessível por terra.

Florianópolis possui um dos maiores conjuntos de fortificações do Brasil. Elas foram construídas no século XVIII pelos portugueses, quando Espanha e Portugal brigavam pelas terras do Sul do Brasil. As fortificações serviam de proteção para impedir as invasões estrangeiras, em especial da Espanha, ataques marítimos e também garantir a posse do território.

Mais informações através do email fortalezas@contato.ufsc.br ou pelo telefone (48) 3721-8302.